segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Quem arrisca realmente petisca?


Que coisa estranha é a vida né? e o pior de tudo que bosta é o comodismo e o monte de coisas que vc deixa de fazer da vida por causa dele... Tem situações das quais vc sempre quis se livrar, um emprego que vc detesta, um relacionamento tão longo que vc nem sabe mais o que sente. Por mais que vc queira se ver livre de situações assim elas estão presas a vc por um "bond" uma espécie de ligação e na iminência de perder uma dessas coisas seu cérebro entra numa espécie de crise... É isso que chamamos de dilema, quando vc sabe que vai sentir falta de uma coisa que normalmente te faz mal, mas é uma coisa que faz a sua vida acontecer de alguma maneira. Como no caso do emprego. Ele é ruim e vc detesta o que faz mas ele te paga um salário e ficar sem ele te deixa incerta do que pode acontecer no futuro... No caso do relacionamento é a mesma coisa, ficar junto é manter a confusão de sentimentos mas separados é a incerteza da solidão. O que é pior? É mesmo hora de arriscar?

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Tropa de Elite II Eu Vi!

Eu vi o Tropa de Elite II e, posso dizer uma coisa com toda a certeza, eu daria para o Wagner Moura... O meu número de telefone!

O filme é muito bom e merece ser assistido mais de uma vez pelo menos. O filme tem um subtítulo sugestivo que é o inimigo agora é outro  mas não tão sugestivo quanto o pequeno aviso antes do começo do filme, algo parecido com:
Embora contenha muitas semelhanças com a realidade, esse filme é uma obra de ficção!



Tropa II mantém o mesmo tom do primeiro filme, mas muda o foco para onde as coisas começam e ensina aos espectadores qual o nível da corrupção, onde começa a mutretagem e que, como o próprio personagem fala, "o sistema da a mão para salvar o braço". Com uma grande dose de efeito catártico o final do filme nos prende à cadeira  e quase nos faz repetir as palavras do personagem quando o agora Tenente-Coronel Nascimento depõe para a CPI e diz que a polícia militar do Rio de Janeiro tem que acabar e que 99% dos deputados daquela casa tinham que estar presos... Todo mundo tem vontade de dizer isso um dia!
Eu acredito que a realidade deva ser muito pior do que  o filme mas, se mudarmos os nomes de alguns personagens por outros reais... teríamos algo muito parecido com um documentário, sei lá Antony Garotinho (só uma sugestão!)

Depois de Tropa de Elite I o ator Wagner Moura subiu muuuito no meu conceito e agora, nesse novo filme, o desempenho do ator é um espetáculo à parte. A forma como ele envelheceu, não só na aparência como na postura e nas ações e a maneira como ele olha para baixo todo o tempo, lógica de um herói contido numa jaula, que era o escritório, e tendo a completa noção de que tinha falhado e perdido a guerra por desconhecer o tamanho do inimigo evidenciando a excelência do artista... Parabéns, temos um ator de verdade!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

O dia de hoje!

Um dia desses, uma ex-chefe super querida minha me deu um livrinho azul com as letras do título cor de laranja. Esse livrinho anda comigo na minha bolsa todos os dias já ha algum tempo porque ele tem uma função muito interessante, ele responde as minhas perguntas sempre de uma forma super positiva, isso mesmo quando eu espero uma resposta negativa!

 O Título é  "O Livro da Sorte" e o subtítulo é Pequeno manual advinhatório para responder às questões de amor, finanças, saúde etc.


Hoje eu peguei esse livrinho e fiz a seguinte pergunta:

Será que um dia eu irei conhecer o Jared Padalecki?
Eis que a resposta foi:
"Novo dia vem raiando sobre sua ansiedade. Espera, com paciência, mantenha a serenidade."

Agora me digam,  esse livro é ou não é o máximo. Eu sei que pode ser difícil acreditar mas, o ser humano é uma criatura do tipo me engana que eu gosto não é?

Para quem não sabe Jared Padalecki é um ator americano que faz o Sam Winchester na série Supernatural, pela qual eu sou apaixonada e, diga-se de passagem, ele é o homem mais bonito e mais alto do mundo!

Adooro homens altos!


O videozinho abaixo é a chamada da série na TV gringa... Coisa de Fã!